iot-1

IoT: O que é e qual a importância para o mercado de tecnologia

13 de janeiro de 2022

IoT, ou Internet das Coisas, é um conceito abrangente que ganha força no mercado digital.

Ele também poderá influenciar o segmento de segurança eletrônica com novas tecnologias inteligentes de monitoramento e rastreamento.

A interconectividade de equipamentos eletrônicos comuns está se tornando uma realidade, proporcionando novas possibilidades de uso de aparelhos com os benefícios e praticidades da internet.

Por esse motivo, é importante entender como esse conceito funciona, efetivamente, e acompanhar sua implementação em setores de prestação de serviços, como a segurança eletrônica, para otimizar a sua empresa e saber como adotar a IoT adequadamente no seu cotidiano.

Pensando nisso, preparamos este guia para te explicar o que é IoT e porquê as empresas de monitoramento e rastreamento devem ficar atentas a ele.

 

O que é IoT?

IoT é a sigla para Internet of Things, ou Internet das Coisas, em tradução. Em resumo, trata-se de uma rede de objetos físicos, equipamentos eletrônicos comuns, que passam a permitir a conectividade digital em seu sistema.

O nome IoT se tornou uma analogia às possibilidades de uso da internet em “coisas”. Algumas das mais populares já em uso incluem:

  • assistentes virtuais;
  • lâmpadas;
  • aspiradores de pó;
  • geladeiras;
  • ar-condicionado.

Enquanto isso, a aplicação do IoT em câmeras de segurança também está se tornando uma realidade, permitindo a expansão do controle desses aparelhos pela internet, por meio de aplicativos e conexão 4G, derrubando restrições como distância e instabilidade.

 

Qual a importância da tecnologia IoT nos dias de hoje?

Estudos mostram que a tecnologia IoT está crescendo consideravelmente, e atingirá a marca de bilhões de aparelhos conectados nos próximos anos. Além disso, sua influência deixa o ambiente pessoal e passa a atingir também o mercado empresarial.

De acordo com pesquisas da empresa de consultoria Gartner, cerca de 61% das empresas já alcançaram a maturidade tecnológica graças à Internet das Coisas. Suas rotinas estão sofrendo influências significativas por meio da conexão de aparelhos comuns e, antes, considerados inativos.

Esses números também são representativos para a área de segurança eletrônica. Como empresas, é fundamental acompanhar as inovações que surgem na área, para não se tornarem ultrapassadas no mercado e realizarem um crescimento escalável.

Enquanto isso, o uso da IoT também é de considerável importância para serviços de monitoramento e rastreamento. Com a conexão em diferentes objetos, se torna possível potencializar os serviços de segurança por meio de uma expansão da eficiência dos sistemas de monitoramento.

Por exemplo, conectando câmeras e sistemas de alarme, permitindo controlá-los por meio de aplicativos remotos, desde ações simples, como ativação e desativação, até acionar a central por conta de um evento.

 

Como vai funcionar a Internet das Coisas?

A IoT já está em fase de implementação no mercado, e é possível verificar seu uso em dispositivos mais populares, como assistentes virtuais e eletrodomésticos.

Isso é possível por meio de sensores e softwares especializados incorporados a esses aparelhos, que permitem sua conexão com a internet e com outros dispositivos. A integração virtual viabiliza utilizações diversas de equipamentos que, a princípio, não foram projetados para serem conectados.

Nesse caso, transforma-se o sistema ligado ao equipamento no momento de sua fabricação, inserindo chips de conexão móvel, por exemplo, ou sensores que identificam outros dispositivos de comando.

Dessa forma, se torna possível aplicar esse funcionamento em todo tipo de aparelho, como câmeras de segurança eletrônica, que passam a apresentar um sistema de controle inteligente. 

 

Quais as principais tecnologias relacionadas à IoT

iot-2

A IoT não atua de forma independente, trazendo consigo outras tecnologias pertinentes para uma execução eficiente dos equipamentos interconectados. Veja mais detalhes sobre as principais inovações que acompanham a Internet das Coisas:

Rede 5G

A rede 5G é a quinta geração de conexão móvel de telefonia, e ainda está em fase de testes no Brasil. Espera-se que, nos próximos anos, essa conexão já esteja disponível para smartphones, aparelhos eletrônicos e também para a IoT.

Ela é fundamental para a adoção completa da tecnologia, pois permite conexões mais estáveis, rápidas e eficientes, essencial para que a comunicação entre os equipamentos seja plena.

Inteligência Artificial

Além disso, a inteligência artificial também acompanha a IoT, principalmente no desenvolvimento de aparelhos que sejam compatíveis com a tecnologia. 

A união entre sistemas inteligentes e a conectividade digital permitem que os equipamentos não apenas possam ser controlados remotamente, mas também possam operar de forma independente, identificando padrões que podem otimizar seu funcionamento.

Conectividade

Enquanto isso, a conectividade dos equipamentos, de forma geral, se apresenta como uma tecnologia de grande utilidade em diferentes setores, inclusive para empresas de monitoramento e rastreamento.

Isso porque ela permite a integração com outras plataformas e ecossistemas, um recurso adicional que complementa o serviço de segurança, e oferece mais possibilidades para o cliente, que passa a aproveitar aparelhos integralizados, em vez de dispositivos individuais.

Plataformas de computação em nuvem

A tecnologia de computação em Nuvem é fundamental para serviços de monitoramento e rastreamento, e também acompanha a IoT em sua aplicabilidade. 

Uma vez que esse sistema opera, principalmente, no universo digital, o uso de armazenamento em espaços virtuais é a opção mais vantajosa para o segmento, complementando sua utilidade de maneira eficiente.

Machine learning

O Machine Learning, ou aprendizado das máquinas, é a principal vertente da inteligência artificial aplicada em dispositivos eletrônicos, e também acompanha a IoT. 

Com essa tecnologia, os dispositivos deixam de ser apenas intermediários da conexão, e passam a executar ações independentes, com base no aprendizado a partir de padrões. Por exemplo, equipamentos de segurança poderão acionar a central de modo autônomo, caso identifiquem uma situação suspeita. 

Essa programação não é ensinada, e sim aprendida pela própria máquina, otimizando sua operação.

 

Benefícios do IoT

iot-3

Além das tecnologias que a acompanham, a IoT também traz uma série de benefícios junto à sua aplicabilidade. Confira alguns dos principais:

Dados inteligentes

Equipamentos com interconectividade trabalham com dados inteligentes, que permitem a execução de padrões de aprendizado, por exemplo, colocando em prática outros recursos além da conexão digital.

Essas informações podem ser utilizadas pelos aparelhos, e pelos usuários, posteriormente, para análises mais efetivas e execução de planos mais assertivos com base em dados pertinentes.

Acompanhamento de informações precisas

Além de dados inteligentes, equipamentos que pertencem a IoT também descartam informações irrelevantes, concentrando somente referências precisas e concretas para dar continuidade à operação.

Esse benefício é particularmente interessante para empresas de monitoramento e rastreamento, que descartam informações desnecessárias e concentram seus serviços somente no uso de dados importantes para o cliente.

Ganho de produtividade

Com a dispersão de dados desnecessários, é possível registrar um ganho significativo de produtividade, operando de maneira mais assertiva e eficiente. 

Além disso, aparelhos conectados por meio da IoT também podem atuar de forma autônoma, reduzindo a necessidade de colaboradores humanos e, com isso, otimizando o fluxo de atividades.

Geração de resultados consistentes

Por fim, uma consequência direta desses benefícios é a geração de resultados consistentes e mais positivos, por meio da utilização de equipamentos inteligentes, mais dinâmicos e práticos.

Afinal, além de potencializar os serviços remotos, também permite um aumento na satisfação dos usuários e clientes.

 

Vale a pena investir em IoT atualmente?

A IoT já está se tornando uma realidade atualmente, e, por esse motivo, vale a pena investir nessa tecnologia desde o primeiro momento. Com testes iniciais bem-sucedidos, setores como empresas de segurança eletrônica poderão aproveitar esses recursos o quanto antes.

Assim, não somente seus serviços poderão atuar de maneira autônoma e moderna, como também os clientes passarão a contar com plataformas integradas e diretamente conectadas.

Desta forma, é possível proporcionar um monitoramento de qualidade com a ajuda da internet e de tecnologias avançadas.

 

Download WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
free download udemy paid course
download mobile firmware
Premium WordPress Themes Download
download udemy paid course for free

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Artigos Relacionados